sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

O amor de muitas formas

Com certeza nos apaixonamos por muitas pessoas ao longo da vida, cada uma delas de um modo diferente e nenhum desses modos mais ou menos intenso. E de repente vamos nos apaixonar por mais de uma pessoa ao mesmo tempo, porque várias são as pessoas que estão nas nossas vidas num mesmo momento.

Algumas vamos querer conhecer melhor, vamos aprender a aceitar seus defeitos, amando suas qualidades. Então essa paixão revelar-se-a amor, que também será diferente para cada uma dessas pessoas e nem por isso mais ou menos dedicado.

Esse amor pode renovar-se paixão, amizade ou simplesmente uma lembrança, e o que realmente importa é, como dizem os poetas, que "qualquer maneira de amor vale a pena".

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

E você, vai desistir?

"Fortes são aqueles que encaram as dores advindas do amor e não recuam diante de seus riscos; caso se decepcionem, dão a volta por cima e seguem em frente, sem deixar de aprender com a experiência, extraindo dela elementos para a educação sentimental. Mas há os que se dão tanta importância, e são tão orgulhosos, que não admitem a possibilidade de sofrer de novo por causa de um amor.
Gente assim, aparentemente forte e decidida, capaz de dispensar a necessidade de convivência íntima, é na verdade frágil e cheia de orgulho vazio. Sua indeferença afetiva, mesclada a um sentimento de triunfo sobre a banalidade do amor, na verdade esconde enorme vulnerabilidade diante da dor. Pode-se dizer que se sente grande demais para ficar exposta outra vez aos desencantos amorosos. Quanta presunção para só uma chance de existência que temos no mundo!
O espírito da atualidade, vem dando um álibi para os que se defendem do amor, vem criando um tipo de gente que se contenta com o gozo fácil, subtraído de integridade e do vínculo afetivo, estável e leal. Mas isso não vale para todos, ainda bem.
Talvez seja bom parar e pensar com diz a música, que toda forma de amor pode valer a pena: o amor erótico e os outros; o amor ao cinema - como o cineasta espanhol Pedro Almodóvar acaba de declarar, no pré-lançamento do seu filme Abrazos Rotos; o amor aos parentes e aos amigos; o amor à própria vida - afinal, desistir do amor é desistir um pouco dela".

Paulo Sternick

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Tirinhas

A gandaia é boa, mas tem consequências...

sábado, 13 de fevereiro de 2010

Trilha sonora

"Explode coração

na maior felicidade

É lindo o meu Salgueiro

contagiando sacundindo essa cidade"


Quando estive no Rio de Janeiro pela primeira vez visitei a quadra da escola de samba Acadêmicos do Salgueiro e ao som da bateria, A Furiosa, caí no samba. Naquele ano o samba enredo era: "O Rio de Janeiro continua sendo...", mas eu escolhi esse como trilha sonora porque é um dos mais famosos sambas enredos do carnaval carioca.

Bem, a moça aqui tá aproveitando o verão, mas depois do Carnaval, voltamos a programação normal.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Acontecendo por aqui...


Uai, não dizem por aí que uma imagem vale mais que mil palavras?
Ok, confesso, ando meio sumida, é o tempo.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Trilha sonora

A trilha sonora desse mês é puro Carnaval, afinal essa moça aqui gosta de festa...

"Senhor como é que pode
essa mina no pagode
chega prá abalar
Corpo queimado de praia
blusa tomara que caia
noite inteira na gandaia
ela só quer sambar"

P.S.: Já disse que adoro essas misturas, rsrs.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin