quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Do que não entendo...

Coisas ruins acontecem com todo mundo (acho que já disse isso em outro post) e é normal ficarmos tristes, ter um certo desânimo. Algumas pessoas precisam de um momento para pensar no que aconteceu e ficam um pouco mais quietas, outras, reagem rapidamente "levantando a poeira", enfim. O que eu não compreendo são as pessoas que se perdem em lamúrias ou aquelas que se armam até os dentes para não correr mais riscos e assim vivem atacando os outros, parece estão tão viciadas em sofrer que nem conseguem mais imaginar como é uma vida tranquila. Queixam fazendo-se de vítimas ou enchendo sua vida de rancor. Os seres humanos e seus mistérios.

6 comentários:

Lu Vieira disse...

Ah, eu também não entendo essas pessoas. Elas gostam mesmo de sofrer. Quando a tristeza invade o meu ser, eu costumo ficar muito quieta refletindo e avaliando a situação vivida. Nessa hora busco o abraço de Deus. Beijos!

Vladir Duarte disse...

Auto-piedade. Não suporto também!

Daniel disse...

Sua postagem lembrou a mim mesmo. Sempre fui de bem com a vida, e tomaei umas porradas na cabeça de pessoas que não esperava, e fiquei assim, preparado a qualquer ataque.

Isso é horrível porque nos prende no nosso sofrimento e não nos deixa ver o lado bom das coisas, não nos deixa respirar aliviado e ser leve como antes.

Mas acredito que tenho melhorado bastante. E sei que não devo ser assim.

Beijos

Luna Sanchez disse...

Sim, e "poluem" o ambiente ao seu redor...um porre! =\

Beijo, florzinha.

ℓυηα

.ana disse...

eu sou dessas que se fecham temporariamente para fazer uma reorganização interna. assim evito de ficar azucrinando as outras pessoas, que às vezes nada tem a ver com meus problemas. mas tb permaneço sem entender quem vive de mal com a vida, guardando raiva e rancor. isso é insuportável.

beijos, bela!

▒▓█► JOTA ◄█▓▒ disse...

Masoquistas, serão?

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin