quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

E seu eu puder te fazer sorrir...


"Todas as cartas de amor são ridículas. Não seriam cartas de amor se não fossem ridículas" - Fernando Pessoa.
Mas é tão bom ser ridículo por amor, fazer versinhos bobinhos, fazer gracinhas, só para despertar um belo sorriso no ser amado. Às vezes esse belo sorriso até vem acompanhado daquela expressão: "eu não acredito que ele(a) fez isso!!!", com aquela pontinha de satisfação, porque quem não se emociona ao se sentir gostado?
E não pense que esse amor assim, "ridículo", faz feliz somente quem é amado, ele também faz feliz quem ama, porque você se diverte enquanto faz gracinhas e também porque amor assim é inocente, é leve, é descontraído.
E... cá entre nós, todos os amores deveriam ser assim, mais comédia que drama, afinal, o amor fica tão mais interessante quando rimado com humor, rsrs.

3 comentários:

Emerson Souza disse...

Tão bonitinho.Rs.
Bjus.

Bela disse...

"Brigadinho", rsrs.
Bjos.

Rê Ruffato disse...

Oi Bela, concordo tanto com isso de que o amor tem que ser mais humor que drama. E saber que tem gente que adora um novelao mexicano no seu relacionamento...
bj

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin