sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Fácil e difícil

Fácil é entorpe-me com o brilho dos seus olhos,
Difícil é quando eles não estão fixos em mim.

Fácil é encantar-me ouvindo sua voz doce, porém forte,
Difícil é quando seu silêncio me alcança.

Fácil é perder-me nos teus beijos,
Difícil é quando sua boca não chama meu nome.

Fácil é admirar seu sorriso,
Difícil é ficar longe dele.

Fácil é entregar-me a você,
Difícil é não saber quando.

Isabel

2 comentários:

Vinícius Amaro disse...

É vc que escreve, Bela? Linda poesia!! Vou até usar com alguma menina, hahaha.

Ana Costa disse...

I loved

PS. vou plagiar... rs

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin