quinta-feira, 24 de junho de 2010

Meu amor...

O meu amor é meu, mas eu te dou. Dou de graça, dou com graça, dou como doação. Como presente fará você com ele o que quiser. Mas hoje eu quero fazer isso e farei, com a coragem dos que se doam porque assim são, sem arrependimentos porque sabem estes que amanhã é sempre um outro dia. E eu posso rezar para que compartilhe comigo esse amor, que cuide para que ele não nos abandone. Porque o meu amor é meu e eu dôo a você.

5 comentários:

.ana disse...

bela, que lindo esse teu texto!
lembrei daquela música: "saber amar, é saber deixar alguém te amar..."
;)

beijos!

Luna Sanchez disse...

Pra mim, esse é o princípio de toda a relação boa, Bela.

Gostei muito, muito!

Beijos, dois.

ℓυηα

Vladir Duarte disse...

É assim... amor de verdade é como mergulho num precipício, sem saber voar... a gente só pula e espera estar mais leve que o ar!

Belo texto!

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Que texto generoso... o Vladir também arrasou nas palavras.

Bjos

Jacky Simionato disse...

Oiii flor, tudo bem?
Vim visitar seu cantinho e adorei =D
gostaria que me visitasse tbm, se gostar me siga? ficarei super feliz com isso!!!
ps:estou te seguindo.

www.jackysimionato.blogspot.com

beejo beejo":"

achei liiindo o texto!

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin