sábado, 18 de abril de 2009

Jogos de poder


O tamanho do aborrecimento, da tristeza ou da mágoa que alguém lhe possa trazer ou causar é proporcional ao poder que você deu a ela.
Pessoas são seres limitados, sempre, não se pode esperar muito delas e nem por isso subestimá-las, apenas é importante saber a medida de poder, de importância - e cada qual sabe a sua - que devemos dar a cada um em nossas vidas.
Quando descobrimos isso lidamos melhor com a humanidade.

7 comentários:

Yussef disse...

Esse princípio da concessão de poder é o que rege as inimizades e rancores.
Quando perdoamos sinceramente alguém que nos causou mágoa, livramos esse alguém de uma prisão que nos inclui também.

Muito boa a tua reflexão.

Abraços

Anuska disse...

A primeira frase é tão verdadeira que a li bem mais do que uma vez...

L.S. Alves disse...

Ótima forma de encarar a vida. Como eu sempre digo Cadum, cadum. As pessoas são seres humanos então o máximo que podemos fazer é esperar que se comportem como tais, com suas qualidades e defeitos.
Um abraço moça.

Vladir Duarte disse...

Concordo plenamente. Aliás, sempre fui desse pensamento... e acho que por isso dificilmente pessoas fazem algo que conseguem me magoar... porque aquelas às quais eu realmente dei esse poder estão sempre ao meu lado, sempre a meu favor.

Valeu!

[ rod ] disse...

Eu confesso... tenho um excesso de expectativa... e isso me quebra literalmente. Um dia eu me gasto de cair.

Abçs,






Novo dogMa:
doreS...


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/

Bela disse...

Yussef, Anuska, L.S. Alves, Vladir e Rod,
Obrigada pela visita e os comentários.
Abraços e beijos.

Clara disse...

Esta reflexão é muito verdadeira!
Bj

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin