domingo, 28 de março de 2010

Amor em música...

Vez outra ela observava ele dedilhando uma melodia que ela não conhecia, se bem que, entretida com a paisagem, sobrava pouco para dar uma busca em sua memória musical. Ele a deixava escutar um pouquinho e mudava o repertório, às vezes ensaiava, às vezes tocava para ela cantar. Dia desses ele a levou para uma fazenda, ela adorava o sossego, andar a cavalo, a natureza. Em uma das noites ele desapareceu enquanto ela se arrumava. Pronta, ela foi procurar por ele. Ouviu de novo aquela melodia familiar, mas desconhecida. Foi seguindo o som até que o encontrou sentado num banco. E foi assim, coberta pelo mar de estrelas que a distância da grande cidade podia proporcionar, que ela conheceu a letra daquela melodia.

7 comentários:

[ rod ] ® disse...

A melodia faz e refaz seu passo ao encontro do bem amado. Nele deita-se e pede ouvido. Melhor à dois ou ao seu plural.

Um bj moça e boa semana!

A.S. disse...

Olá Bela!

Belos textos! Gosto muito de te ler...

BeijO
AL

.ana disse...

que bonito teu texto. sutil e delicado.
=)

bjos!!!

Daniele.. disse...

Nada como ir em busca, daquilo que nos agrada.

Bonito texto, adorei.

beijo

Renata de Aragão Lopes disse...

Quanto lirismo...
Gostei!

Carol Maia disse...

Engraçado é qdo estou com alguém, e toca aquela música que te lembra outrém...
Q situação!!!

Luna Sanchez disse...

Valeu a pena esperar...ai, ai.

Beijo, beijo,

ℓυηα

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin