segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Ah, o amor...

Ela tem nome de santa
ele é os sete pecados
Ela gosta das formas
ele gosta do conteúdo
Ela é metódica
ele improvisa
Ela canta
ele toca
Ela dança
ele luta
Eles tem pouco em comum
isso não representa problema algum
Diferentes, não antagônicos
juntos não se completam, se misturam

8 comentários:

L.S. Alves disse...

E ai encontram um caminho para crescer na vida.
Um abraço moça e longa vida aos casais que se misturam, por que completar é coisa pra tanque de gasolina.

Emerson Souza disse...

Os fins justificam os meios.
Bjus.

Luna Sanchez disse...

Muito bom!

Essa idéia de completar está ultrapassada, mesmo. Cada um é inteiro, e dois, somam.

Beijo, Bela.

ℓυηα

.ana disse...

adoreeei!!!
[de certa forma, me identifiquei com o que escreveste... hehehheh]
;)

beijos!


ps: tem uma brincadeirinha lá no blog pra ti...

Daniel disse...

A diferença é essencial muitas vezes pra que algo sem complemente. Os homens e as mulheres sãoi bens diferentes sim, na maioria dos casos, como você bem citou, e isso é o charme de tudo.

Obrigado pela visita no meu blog, espero que apareça mais vezes por lá.

Beijos

Alexandre Prestes disse...

ola, estou te seguindo,
beijos,
Alê

meus instantes e momentos disse...

é muito bom voltar aqui..
Belo post, belo blog.
Tenha um ótimo dia,
Maurizio

Alexandre Prestes disse...

eu tbm tenho sentimento dubio por aquele estado, minha familia é de la ..., mas nao resisti ... e nao foi achei pejorativo ...

obrigado pela visitinha, beijos,
Alê

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin