segunda-feira, 26 de outubro de 2009

De mim...

Você pode descobrir em mim seus sonhos
ou seus medos, suas fraquezas
pode descobrir seus jogos
ou seus caminhos
pode descobrir em mim sua busca
ou seus esconderijos
você pode me perdoar
ou me culpar
você pode se entregar e confiar
ou negar tudo
E nada disso mudará o que eu sinto
porque não aceito me medir

9 comentários:

Daniel disse...

Fantástico e verdadeiro do começo ao fim.
Parabéns!
Beijos

Vladir Duarte disse...

Lindo texto.

Ps: mais uma vez, quero agradecer pelo empenho em me avisar a tempo sobre o show. Se não fosse você, certamente, teria perdido. Assisti tudo, foi sensacional. Valeu mesmo!!!

.ana disse...

"E nada disso mudará o que eu sinto
porque não aceito me medir"

mt bom isso!
[tb não aceito me medir..acho que somos infinitos, sempre há algo a mais para se descobrir...]

beijos!!!

[ps: meme/selo pra ti no meu blog :)]

Luna Sanchez disse...

Bravo!

♪ "São só palavras
e o que eu sinto
não mudará..." ♫

Beijos, Bela.

ℓυηα

Emerson Souza disse...

Que forte einh?!
Bjus.

Daniele.. disse...

Lindo ..
Amei

Beijo Bela

Gian Fabra disse...

perfeito

nada mais a declarar

Gusta Fernandes disse...

concordo plenamente,
podemos ser o que quisermos, bem ou mal, meio termo! Sempre quando achamos que chegamos no fim de nós mesmos, supreendemo-nos com mais de nós.
Se medir é se limitar!

Adorei o texto!!

beijos!

Gabriela Angeli disse...

Oi, lindona!

Seus textos sempre leves e tocantes, é uma delícia lê-los!

Beijos!

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin