segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Caminho da roça...

(E lá do alto é a cidade que é bem pequenininha)

Ela foi criada na cidade, mas os pais nasceram lá, então ela aprendeu desde cedo apreciar a vida no campo. Vez ou outra gostava de acordar com as galinhas, tomar leite fresquinho no café da manhã, subir na goiabeira para pegar a fruta (o que ainda fazia com destreza de moleca), pescar, e sair para cavalgar então, era a parte que ela mais gostava: vento nos cabelos, sensação de liberdade, integração com a natureza, lindas paisagens.
Ela não era muito chegada a animais, gostava de vê-los, achava bonitinho e só, mas se pudesse certamente teria um cavalo. Achava um animal bonito, elegante, admirava a postura do caminhar, a força da cavalgada.
Ela aproveitara cada delícia que aqueles dias proporcionavam: cochilo à sombra da árvore, banho de cachoeira ou de chuva (que se podia ver chegando!), cheirinho de mata nativa, pôr do Sol, noites estreladas, rodas de viola, fogueira, queijo fresco, vinho. Eram momentos de simplicidade, de aventura, de natureza, de muitos detalhes.

7 comentários:

Everson Russo disse...

Muito gostoso esse passeio, essa vibração, esse contato com a natureza, tendo uma viola ainda,,,ai ninguem segura, adorei se blog, beijo carinhoso e otima semana.

meus instantes e momentos disse...

ótimo texto, parabens pelo blog, muito bom.
Maurizio

Prity disse...

Deve dar trabalho cuidar de um cavalo... hhihih. beijos!!

Luna Sanchez disse...

Acho lindo esse cenário, mas não combina comigo...sou totalmente urbana.

Quando fico de saco cheio de tudo, sempre penso em morar no meio do mato, maaaaaaassssss, claro, apenas em busca da paz, porque beber leite quentinho, recém tirado da vaca, e andar descalça na grama, apensar de, provavelmente, ser uma delícia para o corpo e alma, não faz meu estilo.

Beijos, Bela. Ótima semana.

ℓυηα

Yussef disse...

Isso me lembra minha infância;
ah, que saudade.
Abraços

Daniel disse...

Eu amo o campo.

Nasci na cidade e não vivo sem o caos da cidade de São Paulo, mas adoro quando tenho oportunidade de estar nesse cenário que descreveu.

Um dos meus sonhos é um dia comprar um sítio, algo assim, pra poder descansar de vez em quando e ter um pouco de mais contato com a natureza e os animais.

Beijos

Menina Misteriosa disse...

Ai, que delícia!
Estou precisando de uma 'escapada' destas... lembrar de sensações simples. Renovar!
Gostei...
Beijos

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin