terça-feira, 26 de maio de 2009

Caminhos...

O meu caminho, caminhando faço
se choro, é porque não sou de aço
e dar risada é sempre possível
O passado eu não conserto
o futuro, apenas imagino
do presente vivo cada benção
Às vezes choco meus amigos com meu estilo
mas explicar, não preciso
os verdadeiros
passado o susto, me entenderão
Sigo em frente
faço o que tenho que fazer
me viro diante do imprevisível
jamais deixo de aprender

3 comentários:

Flavio Ferrari disse...

Ainda bem que você não é de aço ...
Só de pensar dá dor de cabeça.

C. disse...

Quem os trilha parece ter a certeza do que faz, e faz do caminho nao apenas atalhos.

Gostei muito da ilustração, mantendo uma postura altiva e solene.

Tetê disse...

Bela,
que beleza de sintonia.

___

embelezando nossas vida com tamanha sensibilidade

!!


Bjos!

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin